Segundo o bilionário da Revista Forbes 2022, a mulher mais rica do Brasil é Lucia Borges Maggi, empresária de soja. Finalmente, uma empresária é dona de uma das maiores empresas do mundo. Então, confira quem é Lucia Maggi abaixo.

Quem é a mulher mais rica do Brasil?
Lucia Borges Maggi, 89 anos, lidera uma das maiores vendedoras de soja do mundo e, desde 2011, após a morte do marido, Lucia se tornou a principal acionista da empresa.

A mulher mais rica do Brasil é mãe do ex-governador e ex-ministro da Agricultura Blairo Maggi, que ocupou o cargo durante a presidência do ex-presidente Michel Temer. Além disso, Blairo é considerado uma das pessoas mais influentes do mundo e é extremamente bem-sucedido na gestão de empresas privadas. Por isso, é conhecido como o Rei da Soja.

Companhia
O grupo Amaggi começou como uma empresa familiar em 1977 na cidade de São Miguel do Iguaçu, Paraná, liderado por Lucia e seu marido, André Maggi. Então, em 1979, a empresa se expandiu para outras províncias, Mato Grosso (marca nacional da soja), Rondônia e Amazonas.

A partir de 2011, a empresa começou a diversificar sua produção. Assim, além de plantar, passou a processar grãos e vender insumos agrícolas e gerar energia elétrica. Também supervisiona a operação do porto.

Atualmente, a empresa mulher mais rica do Brasil ocupa a 13ª posição na lista das 100 maiores empresas do agronegócio do Brasil. Além disso, tem um faturamento de R$ 23,51 bilhões.

Que sorte Lucia Maggi
A mulher mais rica do Brasil ocupa a 350ª posição na lista mundial da Revista Forbes com patrimônio líquido de US$ 6,9 bilhões, aproximadamente R$ 32,2 bilhões de reais.

Por fim, as mulheres mais ricas do Brasil (veja lista global), segundo a Revista Forbes (da Revista Exame) são:

Lucia Borges Maggi (Grupo Amaggi): US$ 6,9 bilhões
Maria Helena Moraes Scripilliti (Votorantim): US$ 4,1 bilhões
Dulce Pugliese de Godoy Bueno (Amil): US$ 1,7 bilhão
Ana Lucia de Mattos Barretto Villela (Itaú Unibanco): US$ 1,6 bilhão
Luiza Helena Trajano (Revista Luiza): US$ 1,4 bilhão
Neide Helena de Moraes (Votorantim): US$ 1,3 bilhão
Anne Mane Werninghaus (WEG): US$ 1,1 bilhão
Vera Reculski Santo Domingo (Santo Domingo): US$ 1,1 bilhão

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.