Micro-ondas é o nome dado a um conjunto de ondas eletromagnéticas de alta frequência, entre 0,3 GHz e 300 GHz. Os fornos de micro-ondas produzem ondas eletromagnéticas de 2450 MHz, tal frequência corresponde à frequência de vibração das moléculas de água, por isso, esse tipo de forno consegue excitar as moléculas de água, aquecendo-a.

Como funciona o micro-ondas?

No interior de todos os fornos de micro-ondas, há uma válvula termoiônica, chamada magnétron, capaz de transformar a energia elétrica em ondas eletromagnéticas.

Quando esse dispositivo é aquecido ele emite elétrons defletidos pelo campo magnético de dois ímãs. O movimento de rotação dos elétrons é controlado de forma que se emitam ondas eletromagnéticas de exatamente 2450 MHz.

Após a sua geração, as ondas eletromagnéticas que deixam o magnétron são refletidas por um ventilador metálico que as direciona para o interior do forno, metálico por dentro, por isso, consegue blindar a passagem dessas micro-ondas para o meio externo.

Quando as ondas eletromagnéticas formadas no interior do forno micro-ondas são absorvidas pelos alimentos deixados em seu interior, as moléculas de água entram em ressonância com as ondas incidentes, aumentando a temperatura do alimento de maneira cerca de uniforme, de fora para dentro.

Outras substâncias, como óleos e açúcares, não podem ser aquecidos pelas micro-ondas, visto que suas moléculas não são polares como as moléculas de água portanto, não podem ser excitadas com a mesma facilidade.

Para que serve o micro-ondas?

Além do seu uso convencional – aquecer alimentos, o micro-ondas pode ser usado para outros diversos fins, confira alguns deles:

Desinfetar utensílios não-metálicos: O micro-ondas pode ser usado para limpar esponjas, tábuas de carne e quaisquer outros utensílios de plástico ou silicone.

Cozer alimentos: se diminuirmos a potência das micro-ondas e mantivermos o alimento hidratado, é possível cozinhar praticamente qualquer coisa com o forno de micro-ondas.

Toalha quente: O micro-ondas pode ser usado para aquecer rapidamente toalhas umedecidas.

A radiação do micro-ondas causa câncer?

A radiação do micro-ondas não consegue causar câncer, felizmente. As micro-ondas são ondas eletromagnéticas não-ionizantes, ou seja, não conseguem danificar tecidos orgânicos a ponto de causar-lhes mutações.

Portanto, o uso de micro-ondas não consegue causar câncer, no entanto, isso não significa que elas não representem perigo: as micro-ondas podem ser nocivas ao corpo humano em razão de sua capacidade de aquecer as moléculas de água.

Alho no micro-ondas perde propriedades?

Não somente o alho, mas todo alimento aquecido perde parte de suas propriedades naturais. Algumas vitaminas, por exemplo, são quebradas quando aquecidas. Uma grande parte das proteínas também desnatura-se em resposta ao aumento de temperatura.

Isso não é uma exclusividade dos fornos de micro-ondas, por isso, podemos afirmar que o alho perde suas propriedades ao ser aquecido no micro-ondas, porém não por ter sido aquecido nesse tipo de forno, mas em razão do seu aquecimento.

O micro-ondas explode?

Assim como todo dispositivo eletrônico, o forno micro-ondas está sujeito a mau funcionamento, no entanto, não são muito comuns os relatos de explosões de micro-ondas diretamente relacionadas ao seu funcionamento.

O que ocorre, de fato, é que alguns alimentos podem superaquecer ou até mesmo explodir se colocados no forno de micro-ondas. Confira alguns alimentos que devem ser evitados ao usar o micro-ondas:

Batatas: Se você não fizer pequenos furos na casca das batatas, o vapor de sua cocção não conseguirá deixá-la e, eventualmente, elas poderão explodir em razão da pressão interna.

Ovos: Os ovos não devem ser aquecidos em micro-ondas, visto que o seu interior pode explodir pela mesma razão que as batatas explodem. Ao fazer ovos, faça-os fora de sua casca.

Mingau e molhos: mingaus e molhos podem produzir grandes bolhas de vapor em seu interior e explodir, espirrando o seu conteúdo para todos os lados.

Alguns alimentos como uvas, uvas-passas, frutas desidratadas e pimentas podem pegar fogo ao serem aquecidas no micro-ondas.

Nunca coloque utensílios metálicos como garfos, facas, colheres, panelas, tampas de metal e formas metálicas no micro-ondas.

Metal no micro-ondas

Os metais não conseguem absorver as micro-ondas, como a água. Na verdade, os metais quase não sofrem aquecimento ao serem colocados no forno de micro-ondas, eles funcionam como espelhos para esse tipo de ondas eletromagnéticas.

Imagina a seguinte situação: várias superfícies metálicas colocadas no interior do micro-ondas fazem com que essas ondas sofram sucessivas reflexões. Dessa forma, essas ondas são somadas, ficando cada vez mais intensas, a ponto de arrancar alguns elétrons da superfície dos metais.

O quadro agrava-se quando colocamos objetos metálicos com pontas, como garfos e facas. Os elétrons tendem a se acumular em suas pontas e são facilmente ejetados quando expostos às micro-ondas. A ejeção de elétrons das pontas dos metais cria faíscas que podem causar curto-circuitos e até mesmo incêndio.

Benefícios do uso do micro-ondas

Confira alguns dos principais benefícios do uso do micro-ondas:

O risco de queimaduras ao cozinharmos com o micro-ondas é muito menor;

As comidas feitas em micro-ondas estão livres das substâncias carcinogênicas oriundas da queima da matéria orgânica;

Em razão do tempo reduzido de cozimento, os alimentos preparados no forno micro-ondas tendem a permanecer com uma maior quantidade de nutrientes;

Menor gasto energético que outros fornos, como o elétrico.

Micro-ondas velho faz mal à saúde?

Se você tem um forno micro-ondas muito antigo ou danificado em casa, é necessário atentar-se para a possibilidade de vazamentos de ondas eletromagnéticas. A grade metálica e a caixa de metal no interior do micro-ondas funcionam como gaiolas de Faraday, impedindo a passagem de micro-ondas para o meio externo por meio do fenômeno conhecido como blindagem eletrostática. Portanto, é necessário certificar-se de que nenhuma onda eletromagnética escapa do interior do forno micro-ondas.

Fatos e boatos sobre micro-ondas

O fenômeno que permite que o micro-ondas aqueça os alimentos foi descoberto acidentalmente, em 1940.

O micro-ondas aquece os alimentos de fora para dentro.

Os metais não esquentam no micro-ondas, no entanto, metais com pontas podem produzir faíscas.

O princípio de aquecimento do micro-ondas é uma das formas mais eficientes de se cozinhar algo, do ponto de vista energético.

O óleo não é aquecido pelo micro-ondas.

Os plásticos podem liberar toxinas perigosas quando aquecidos no micro-ondas, opte recipientes de vidro e cerâmica.

A água pode ser superaquecida no micro-ondas a ponto de explodir.

Não há comprovação de que o micro-ondas destrua as propriedades nutricionais dos alimentos de forma mais acentuada do que na cocção elétrica ou a gás.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.