A coluna teve acesso a mais detalhes do processo de troca de empresários do influenciador Iran Santana Alves, o Luva de Pedreiro. Segundo fontes da coluna, o jovem terá que arcar com um valor milionário para rescindir o contrato de agenciamento de carreira com a ASJ Consultoria do empresário Allan Jesus.

Para se desfazer do contrato, Iran terá de pagar o equivalente a R$ 5,2 milhões a ASJ Consultoria. Tudo isso, sem ter acesso a renda obtida com as campanhas publicitárias.

O jovem conta com quase nenhum valor em duas contas bancárias às quais têm acesso, tendo possuído um giro de apenas R$ 7,5 mil desde que despontou.

Entenda o caso

A coluna LeoDias revelou com exclusividade nesta quarta-feira (22/6) que Iran Santana Alves, o Luva de Pedreiro, só teve acesso a R$ 7,5 mil das campanhas de publicidade que fechou. A parceria com a Amazon Prime Video rendeu, ou deveria ter rendido, cifras milionárias ao influenciador.

Os novos empresários do jovem também relataram a esta coluna que caso a ASJ Consultoria alegue que há outra conta com todos os valores, o jovem não tem acesso.

Agenciado pela ASJ Consultoria, Iran Santana Alves, em um ato de desespero, procurou uma personalidade influente no campo do esporte para tirá-lo dos contratos que possui com o empresário Allan Jesus.

Em nota enviada à coluna, o empresário negou os fatos relatados e diz que possui provas das medidas que tomou.

Leia a nota completa:

“É com absoluta perplexidade e profundo lamento que a ASJ Consultoria, empresa com vasta expertise no segmento de marketing esportivo, recebe algumas notícias publicadas na imprensa – que infelizmente destacam informações levianas, apuradas de forma seletiva, sem compromisso algum com a verdade dos fatos.

ASJ e Luva de Pedreiro, com uma trajetória de sucesso até aqui, possuem contrato com vigência até o ano de 2026. Se alguma das partes desejar efetivamente rescindir o contrato vigente, além de respeitar a forma acordada para tanto, deverá comunicar a outra oficialmente de sua decisão.

Até o momento, a ASJ não recebeu qualquer comunicação formal e/ou notificação a respeito de eventual tentativa de rescisão do Luva de Pedreiro.

A única coisa que temos são indícios espalhados pela internet e notícias que dariam conta de um suposto novo agenciamento, o que em tese poderia configurar quebra de exclusividade.

De qualquer modo, instado a se manifestar ou demonstrar a regularidade de seus atos, a ASJ o fará com muita tranquilidade, abrindo a quem de direito todos os contratos, documentos, extratos e o que mais for necessário. Por fim, manifestamos nossa certeza e convicção de que a verdade, como sempre, prevalecerá”, diz o comunicado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.