Internado voluntariamente em uma clínica de reabilitação desde o último dia 11 de junho Sérgio Hondjakoff tem deixado os familiares esperançosos de que, dessa vez, será mesmo pra valer. Segundo Carmen Lúcia Hondjakoff, mãe do artista, essa é a 11ª tentativa de reabilitação.

“Meu filho é dependente químico há 16 anos e já teve 10 internações em clínicas. Dessa vez vai dar certo e, se Deus quiser, será a última internação do meu filho. Ele vai vencer, assim como muitos já venceram esse vício maligno”, disse a mãe do eterno Cabeção ao G1.

Carmen destacou que Rafael Ilha foium dos responsáveis pela internação do ator e agradeceu a ajuda do ex-Polegar: “Ele socorreu meu filho e a minha família quando nós mais precisava e conseguiu uma clínica”, disse.

Ao G1, Ilha contou que se sensibilizou ao ver o vídeo que viralizou nas redes sociais. Nas imagens, ator ameaçou matar o pai. O e-Polegar, que também era dependente químico e chegou a ser preso, contou que pediu ajuda para uma amiga e entrou em contato com Carmen. Em seguida, ele ligou para Sérgio e conversou por aproximadamente 40 minutos, até convencê-lo de iniciar um novo tratamento.

“Quem nunca passou por isso tem uma visão quando vê aquele vídeo. Para a gente que passou, para as famílias que passam por isso, é uma outra visão. Eu vi como um pedido de socorro também. Conversei muito com ele, até convencê-lo a vir para cá”, disse Rafael Ilha.

RELEMBRE O CASO

Sérgio Hondjakoff, o eterno Cabeção de Malhação, surgiu bastante alterado na noite do último dia 06 de junho, ao fazer uma live aparentemente sob efeito de drogas. Irritado, com falas confusas, ele chegou a ameaçar matar o pai, Francisco José de Mendonça, com um bastão.

Nas imagens, o ator destaca que não quer ser internado e afirma que prefere ir para a cadeia. Ele aparece pedindo a quantia de R$ 1 mil para seu pai com o intuito de viajar para São Paulo. Diante da recusa, Sérgio diz que Francisco tem a obrigação de dar o valor para ele, caso contrário seria obrigado a matá-lo.

“Fala, galera, beleza? Eu tô aqui pancadão e tá todo mundo aqui querendo me f****. Eu tô pedindo mil reais para o meu pai pra ir pra São Paulo e ele não quer me dar. Eles querem que eu seja internado contra a minha vontade porque eu dei uns ‘tequinhos’ e eu fico muito louco”, começou o ator, visivelmente fora de controle.

Na gravação, que logo viralizou na web, o ator mudou de cômodo e exibiu um bastão em mãos. Seu pai tentou desviar da câmera do celular de Sérgio, enquanto ele continuou a fazer as ameaças: “Pai, se você não me der mil reais eu vou ser obrigado a te matar, né? Você prefere que você me dê mil reais ou que eu te mate? Você é obrigado a me dar mil reais”, disparou ele.

Descontrolado, Sérgio Hondjakoff reclamou que não tem acesso ao próprio dinheiro e reconheceu que o motivo é seu vício em drogas: “Eu ganhei dinheiro pra caramba e não fico com nada, só uma mesada. Por favor, me ajudem, eu não quero matar meu pai. Bolsonaro se estiver ouvindo essa mensagem, pode dar um jeito nisso aí, fala com alguém da federal, aí acabou!”.

INTERNAÇÃO COM CÁRCERE PRIVADO

Em agosto de 2021, depois que o Ministério Público interditou a clínica de reabilitação onde ele se tratava, em Pindamonhangaba, no interior de São Paulo, Sérgio Hondjakoff admitiu ser dependente químico. No lugar, 46 pacientes eram mantidos em cárcere privado.

Na época ele chegou a gravar um vídeo para as redes sociais desmentindo a informação, mas pouco dias depois confirmou sua luta contra o vício em álcool e drogas. Tempos depois, o artista chegou a dar início ao projeto de ter o próprio centro de reabilitação.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.