O comandante do 19º Batalhão da Polícia Militar do Rio de Janeiro (PMERJ) bloqueou o show de Ludmilla no Tim Music Festival, neste domingo (15/5). Segundo a coluna LeoDias, alega-se que o limite da população local era de 60.000 pessoas.

E de acordo com a organização, considerando as especulações do artista – um dos principais nomes da cena musical da atualidade -, o número de audiências pode ser irrisório.

Artista que confirmou a informação na coluna e acrescentou que o exército da PM “concluiu sem um grupo que atendesse às necessidades da comunidade, baseado no histórico de grande audiência nos programas do artista”.

Leia a íntegra do comunicado publicado na coluna

“Gostaríamos de informar que a artista Ludmilla foi convidada para estar na lista do TIM Music Festival, o evento foi aberto ao público, realizado na Praia de Copcabana, no Rio de Janeiro, mas a apresentação não foi feita porque, segundo para ele.

Em produção semelhante, o exército da PM regional concluiu que não tinha uma banda que atendesse às necessidades da comunidade, com base no histórico de shows do artista e recordes de participação em uma tradicional festa de Réveillon na Praia de Copacabana e no Fervo da Lud, realizado nas ruas do Rio de Janeiro.”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.