Gostaria de dizer que todos os desenvolvimentos que estamos vivenciando hoje começaram a ser integrados ao trabalho dos Quality Gurus. Como você e eu, eles se esforçam para melhorar suas empresas e criar padrões que possam ser repetidos. Isso criou um ciclo de desenvolvimento e desenvolvimento que mudou a história humana, reconstruiu países e aumentou a produtividade em todos os sentidos.

Walter Shewhart
Nascido em março de 1891, Walter Andrew Shewhart foi um dos pioneiros mais importantes do mundo.

Entre seu papel mais importante está o desenvolvimento da ferramenta básica que posteriormente criará o PDCA e o CEP (Controle Estatístico de Processo), que foi amplamente utilizado em sistemas de monitoramento de processos e para promover a melhoria contínua.

William Edwards Deming
Nascido em 1900, Deming é provavelmente o mais famoso dos Gurus da Qualidade. Grande parte dessa fama se deve à sua contribuição significativa para a reconstrução do Japão após a Segunda Guerra Mundial. Deming é considerado uma das formas mais eficazes de alcançar a produção nacional.

Além disso, Deming foi responsável pela distribuição do PDCA, que se tornou uma das ferramentas mais utilizadas no mundo para promover o desenvolvimento sustentável. Outra importante contribuição foi a sugestão de alguns princípios de gestão, até o momento, que poderiam ser considerados importantes diretrizes organizacionais.

José Moisés Juran
Juran nasceu em 1904 e, junto com Deming, foi um dos maiores especialistas na reconstrução do Japão no pós-guerra.

Autor de alguns livros, Juran desenvolveu seu próprio método de promoção do desenvolvimento contínuo, chamado de Trilogia de Juran e era composto por Planejamento, Gestão e Desenvolvimento.

Outra contribuição importante e amplamente utilizada foi a familiaridade da Política de Pareto para uso empresarial. Juran foi responsável pelo desenvolvimento do gráfico de Pareto e sua distribuição para uso da organização, auxiliando milhares de profissionais na priorização de tarefas, atividades, projetos e muito mais.

Kaoru Ishikawa
Junto com Deming e Juran, Kaoru Ishikawa é considerado por muitos como um dos 3 gurus da qualidade mais importantes de todos os tempos.

Entre suas principais contribuições estão a distribuição de Círculos de Qualidade (CCQs) e o desenho de 7 Ferramentas Clássicas. Aliás, é verdade, na criação da causa e no desenho do resultado, o que por si só colocará Ishikawa na história da qualidade!

Armand Vallin Feigenbaum
Em 1922, enquanto aqui no Brasil estávamos no meio da famosa Semana de Arte Moderna, Armand Vallin Feigenbaum nasceu em Nova York, EUA.

Procurador-Geral de Controle de Qualidade Total (CQT), Feigenbaum pregou que a Qualidade é responsabilidade de todos. Algo que nunca foi visto antes. Esse recurso foi um dos destaques de seu trabalho, contribuindo significativamente para a mudança de mentalidade da qualidade mundial.

Além disso, faz o possível para discutir custos e mostrar seu valor para a organização. Ele até cunhou o conceito, Hidden Plant, que mostrava como certos desperdícios (custos desnecessários) poderiam afetar o resultado final da empresa.

Philip Crosby
Nascido em 1926 e autor de alguns livros, Crosby é o queridinho de Monès, haha!

Além das piadas, Philip Crosby foi um dos primeiros a descrever a qualidade como a satisfação de necessidades pré-determinadas, fator importante para a compreensão da qualidade tomada.

Além disso, ele era um forte defensor do Zero Defect e de outro conceito intimamente relacionado: “Fazendo bem pela primeira vez”! Além de falar muito sobre custos de não qualidade e também propor 4 certificações famosas de Crosby, uma compilação de seu trabalho que ajuda a definir a Qualidade total.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.